NOVOS DIRIGENTES DA AAUL TOMARAM POSSE

A Cerimónia da Tomada de Posse dos Órgãos Sociais da Associação Académica da Universidade de Lisboa 2021/2022, decorreu no passado dia 17 de maio no Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa.

Novos Órgãos Sociais da AAUL | Escadaria Doutoral da Reitoria da Universidade de Lisboa

Após iniciada a cerimónia da tomada de posse tivemos a oportunidade de ouvir uma excelente mensagem de boas-vindas, ditas pelo estudante de Arquitetura, João Barata, em que, na mesma mensagem por indicação do Presidente da Direção-Geral, Hélder de Sousa Semedo, se realizou um minuto de silêncio na sala em memória ao Investigador Coordenador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, Pedro Lains que, infelizmente, faleceu no dia 16 de maio.


A cerimónia contou com a presença de convidados especiais para assistirem à tomada de posse dos novos órgãos sociais, nomeadamente, André Pardal e Paulo Pinheiro, antigos presidentes da AAUL, António José Borges, presidente da Junta de Freguesia de Alvalade, João Assunção, presidente da Associação Académica de Coimbra, Henrique Gil, presidente da Associação Académica da Universidade de Évora, Rui Oliveira, presidente da Associação Académica da Universidade do Minho, Tiago Diniz, presidente da Federação Nacional de Associações de Estudantes do Ensino Superior Politécnico, entre outros convidados e também de presidentes e vice-presidentes das várias associações de estudantes da Universidade de Lisboa.

Após a instalação de um ambiente satisfatório e calmo que o Soul Gospel Project projetou no Salão Nobre estava na altura de começar a tomada de posse do novo mandato da AAUL de 2021/2022.

“Se há tantas forças de mudança, porque é que não há mudança?”, afirmou o presidente Hélder de Sousa Semedo

Para dar entrada ao novo mandato não há nada melhor que ouvir o discurso despedida. Um discurso cheio de força e motivação aos novos órgãos sociais da Associação Académica da Universidade de Lisboa, palavras ditadas pelo presidente da mesa da assembleia magna cessante, Ruben Daniel Alexandre Silva Felizardo. No mesmo discurso o Presidente cessante também aproveitou para dar os agradecimentos especiais ao Presidente reeleito da Direção-Geral, Hélder Semedo e à Presidente da Mesa da Assembleia Magna eleita, Isa Góis, desejando boa sorte com o novo mandato e votos de confiança.

Soul Gospel Project | Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa

De seguida, a cerimónia prosseguiu com o fantástico discurso da Presidente Isa Góis. “O homem sonha, a obra nasce.”. Esta foi a abertura do discurso em que, no seu longo ditado, transpareceu a mensagem de uma resiliência necessária para a AAUL e que a mesma teve, e precisou de ter, para se formar até aos dias de hoje. Uma mensagem de fortalecimento á AAUL para mostrar que somos uma Associação forte e com uma mensagem clara, servir os alunos. Este eram os dois focos principais que foram muito bem expostos num discurso forte da Isa Góis. “Uma AAUL capaz de servir os estudantes, uma AAUL forte.”, assim acaba o discurso de motivação da Isa Góis.


Após este momento de motivação, deu-se início ao juramento dos Presidentes e Vogais, começando pela Isa Maria Bernardino Góis e prosseguindo por todos os restantes presidentes e vice-presidentes até aos vogais, acabando pelo Presidente da Direção-Geral reeleito, Hélder de Sousa Semedo. Com o final dos juramentos honrosos de todos os cargos importantes da AAUL, que tão bem representam os restantes membros da associação, era a vez do Presidente Hélder Semedo discursar para dar o fecho desta grande cerimónia.


O discurso do Presidente Hélder de Sousa Semedo simbolizou o início de um novo mandato para a Associação, um novo começo cheio de motivação, trabalho e esforço para cumprir o propósito da associação: Servir os alunos.

“O conhecimento como referência económica do futuro. A economia do futuro tem um nome, conhecimento.” disse o presidente da DG/AAUL, Hélder de Sousa Semedo

No seu discurso, o Presidente expôs de forma bem explicada os seus três principais focos para este mandato, explicou o que seria necessário neste mandato para um bom trabalho. Divide-se então em três secções. Em primeiro lugar, o Presidente começou por explicar a Língua Portuguesa como um ponto estratégico, um ponto com um grande potencial para que Portugal se afirme no mundo e na europa, seja a nível económico ou até de afirmação da língua portuguesa, afinal de contas português é a sexta língua mais falada no mundo. Em segundo lugar, o Presidente Hélder Semedo destaca o conhecimento como um dos três secções.

Cerimónia de Tomada de Posse | Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa

“O conhecimento como referência económica do futuro. A economia do futuro tem um nome, conhecimento.”, esta é a escolha de palavras ditadas pelo Presidente para descrever a importância do conhecimento, a categorização do conhecimento como um bem necessário para se ter um país forte e dinâmico na progressão no futuro.


Neste ponto, Hélder Semedo, tenta dar um foco á enorme diversidade de conhecimento jovem que é desperdiçado no nosso país e que, por tal, obriga os jovens a emigrar, como disse no seu discurso “(…) é isto que está a acontecer no nosso país, com o desperdício de conhecimento.”.


Intervenção do Presidente da DG/AAUL | Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa

Em terceiro lugar, o Presidente destaca a participação, isto é, a necessidade de haver envolvimento na mudança, a necessidade de participar para que algo se mude, a política só anda para a frente se houver mais participação. Como disse o Presidente Hélder Semedo, “Se há tantas forças de mudança, porque é que não há mudança?”.


Após este discurso deu-se o fim da cerimónia da tomada de posse da Associação Académica da Universidade de Lisboa.


451 visualizações