Alojamento e Ação Social

Alojamento e Ação Social

A redução do abandono no ensino superior e o combate às condições que o motivam devem ser coletivamente assumidos como um grande desígnio nacional do movimento académico e do Governo da República.

Neste âmbito, a AAUL propõe:

 

1) Aumento do limiar de elegibilidade para a bolsa de estudo, de forma a que mais estudantes possam receber a mesma e tendo em conta que as despesas do estudante, principalmente do estudante deslocado não incidem apenas no pagamento de propinas;

 

2) Defender o reforço da ação social indireta para mitigar os efeitos da crise económica em Portugal e como forma de reduzir os custos de frequência no ensino superior através de, entre outros, o congelamento do preço da refeição social, alargada elegibilidade para o alojamento em residências, apoio para a compra de livros e outro material escolar, e o acesso universal a passes de transporte;

 

3) Inclusão dos estudantes oriundos da CPLP e da União Europeia para a elegibilidade no acesso às bolsas de estudo;

 

4) Aumento da oferta em residências universitárias, utilizando o património do Estado que está inutilizado;

 

5) Pugnar pelo acesso automático às bolsas de ação social do ensino superior quando o estudante tenha beneficiado de uma bolsa de ação social no ensino secundário, sem ter de aguardar pelo processamento administrativo por parte da respetiva instituição de ensino superior, criando assim um programa Simplex dentro das instituições de ensino superior.

 

© AAUL 2021 - Unidade Operacional de Gestão da Inovação e Transição Digital

  • instagram
  • facebook
  • twitter_edited
  • likedin_edited
  • youtube_edited